Junto com o projeto Vizinho Amigo (Portugal) e com o apoio da Medley, lançamos uma plataforma de vagas para voluntários que querem ajudar pessoas que se encontram em grupos de risco a driblar o isolamento social.


Que a quarentena pode ser limitante todos nós já sabemos. Mas ela é ainda pior para pessoas que se encaixam no grupo de risco do coronavírus (idosos, diabéticos, hipertensos, quem tem insuficiência cardíaca, renal ou doença respiratória crônica).

via GIPHY

Quando você se encontra em um grupo de risco, você precisa redobrar os cuidados, não sair de casa e cuidar de si para poder cuidar dos outros.

Mas como essas pessoas vão ao mercado, à farmácia? É aí que entra a proposta do Vizinho Amigo!

O projeto nasceu em Portugal com a intenção de criar uma vizinhança mais solidária nos tempos do coronavírus. Assim, pessoas do grupo de risco podem contar com seus vizinhos para ajudá-los nas tarefas diárias, como ida ao mercado, farmácia, passeio com os dogs e assim vai.

“Publiquei no grupo do condomínio onde moro que estava disponível para ajudar quem precisasse. Vendo isso, minha vizinha me apresentou o Vizinho Amigo, idealizado por voluntários em Portugal, e na hora já quis trazer o projeto pro Brasil! Assim que entrei em contato, eles já compartilharam todas as ideias, materiais e dicas para fazer o projeto acontecer por aqui, pois sabiam que era um momento de emergência.“, explica Gabriela Pereira, voluntária que trouxe o projeto para o país.

E onde entra o Atados?

Estávamos querendo muito fazer algo que conectasse voluntários nesse momento crítico que estamos vivendo. Quando soubemos que a Gabi estava com a ideia de trazer o projeto para o Brasil, não pensamos duas vezes!

Após o convite (que felizmente ela aceitou!), pensamos em como iríamos operacionalizar a plataforma e em um dia, porque a situação pedia urgência, montamos a plataforma e criamos uma campanha de comunicação e plano de ação. Além disso, o projeto teve também realização da Medley e contamos com a ajuda do nosso parceiro de mídia, o Razões para Acreditar.

A plataforma

Com tudo certinho e pronto para facilitar a colaboração entre pessoas dispostas a ajudar aqueles que se encaixam nos grupos de risco, a plataforma foi lançada no dia 20/03.

Para contribuir com o nosso trabalho, existem duas frentes de voluntariado: você pode auxiliar com as compras diárias ou contribuir com a divulgação do projeto.

Além disso, também é disponibilizado um formulário para que as pessoas que se encaixam nos grupos de riscos se inscrevam para solicitar ajuda, para assim facilitar o match.

via GIPHY

Para isso, a plataforma estabeleceu regras de segurança e prevenção para evitar circulação desnecessária nas ruas, focando na proposta de apenas acionar o voluntário em caso de necessidade. Se você quiser ajudar a divulgar o projeto também, acesse o kit oficial de divulgação do Vizinho Amigo.


Então, que tal movimentar o seu condomínio ou bairro para fazer uma boa ação? Pode até ser clichê, mas é verdade: juntos nós somos mais fortes!

Se você quer tirar dúvidas sobre o projeto, envie um e-mail para contato@atados.com.br.